Return to site

O que torna um lugar bem sucedido?

Os bons espaços públicos costumam seguir algumas premissas básicas geradoras de qualidade e usabilidade. Você sabe quais são?

· Cidadania,Cidade,Espaço Público,Seguranca,Moradores

Dá pra medir a qualidade de um espaço?

A qualidade de um espaço pode ser medida e analisada? Quais são as características de um bom espaço público? Há parâmetros que possam ser seguidos para avaliar se um espaço é bom ou ruim? Essas perguntas são básicas para quem estuda urbanismo e as relações humanas.

O espaço público sempre foi marcado como um espaço de encontros. As ruas, praças escolas e outros locais são pontos de interação social dentro da cidade. Os bons espaços públicos são aqueles que permitem as celebrações, as trocas sociais e econômicas, permitem o encontro entre conhecidos e desconhecidos. São locais de mistura.

Além disso, tem o papel importante em mediar a vida pública, as conversas com governos, e servem de palco para a vivência popular. Mas o que faz alguns lugares serem mais bem sucedidos do que outros?

espaço público praça

Atributos chave

Um estudo feito pelo Project for Public Spaces (PPS), avaliou diversos espaços e descobriu que, os espaços mais bem sucedidos compartilham quatro qualidades comuns:

  1. Acessibilidade
  2. Conforto
  3. Sociabilidade
  4. Atividades e lazer
No estudo, o PPS desenvolveu um diagrama que lista os atributos de forma que qualquer pessoa possa analisar a qualidade do espaço. Ele se divide em 3 camadas com atributos chave, atributos intangíveis e atributos mensuráveis.

Produzido por PPS e traduzido por Conexão Cultural e Bela Rua.

Acessibilidade

O local é acessível a todos? É facil chegar até lá? As calçadas possuem boas conexões com o entorno? Há boa visibilidade?​

A acessibilidade pode ser analisada pelas conexões que os espaços públicos apresentam, e pelo seu entorno. Ela mensurável tanto fisicamente quanto visualmente. Um espaço público bem sucedido torna facil a permeabilidade, a caminhada e a visibilidade.

Locais que possuem fácil acesso por meio de transporte, que são fáceis de caminhar e possuem acessos bem delimitados, costumam ter mais qualidade. Isso implica em questões de boa pavimentação, acessos, luminosidade, e visibilidade. O lugar deve ser acessível a todos, inclusive pessoas com necessidades especiais.

Por isso mesmo, tanto o local em si quanto o seu entorno são importantes. Os espaços públicos com atrativos ao redor são muito mais interessantes do que os que contam com um lote vazio. A acessibilidade é importante para a questão do transito e da permanência dos pedestres no espaço público.

Conforto

Qual a primeira impressão do local? Há tanto homens quanto mulheres lá? O local está preservado? Há lugares disponíveis para sentar?

O sucesso de um lugar também está ligado ao conforto que ele oferece aos usuários. Lugares bonitos, bem cuidados, preservados, são mais procurados pelas pessoas. Isso por que eles costumam transmitir, a partir da boa imagem, as noções de segurança, limpeza, e outros atributos chave para a permanência da sociedade.

O conforto é muitas vezes subjetivo, e atualmente, muitos lugares possuem uma baixa qualidade por não contar com espaços para sentar, por exemplo. As pessoas que utilizam o espaço público constantemente procuram locais para descansar as pernas.

Nesse sentido é muito importante que elas possam escolher o melhor lugar para se sentar, atributo que raramente é levado em consideração.

Sociabilidade

Você se reuniria com amigos nesse espaço? As pessoas se conhecem, ou conversam? Há cuidado comunitário com o local? As pessoas parecem felizes lá?

A sociabilidade é um fator complicado de ser atingido. Mas ela envolve o sentimento de segurança de bairro. Lugares que oferecem encontros entre pessoas conhecidas, onde os vizinhos se cumprimentam e onde há a sensação de segurança em interagir com desconhecidos são (muito) bem sucedidos.

A sociabilidade gera o bem estar de pertencer ao lugar, mesmo que provisoriamente. E isso traz qualidade e vida ao espaço público.

Atividades e usos

Há possibilidade de escolha do que fazer? Há grupos de pessoas frequentando o espaço? Há pessoas diferentes usando o espaço, ou ele está vazio?

As atividades são responsáveis por construírem a ocupação dos lugares. Ter algo a fazer no espaço público é fundamental para que as pessoas la permaneçam, e também para que elas queiram voltar.

Espaços de insucesso constumam não ter opções e por isso, ficam abandonados, sem usos, um forte indicador de que algo não está bom. Como solução, os bons espaços oferecem atividades para todas as idades, dando escolha às pessoas.

espaço público

O sucesso

Os conceitos que definem o sucesso ou fracasso de um espaço público estão intimamente ligados à presença ou ausência do fator humano. Garantir esses atributos pode facilitar ainda mais a dispersão de lugares com êxito pelas cidades.

Conheça abaixo alguns bairros que estão mobilizados, procurando atribuir esses parâmetros nas praças de São Paulo!

Tem algum espaço público bem sucedido perto de você? Conta pra gente:

Se você quer ser um agente de mudança do seu bairro, agende uma visita à sua praça! Te ajudaremos em todo o processo.

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly