Return to site

5 problemas que resolvemos nas praças

Os fatores de risco que mais combatemos e como fazemos ele a partir da colaboração recorrente de bairro

· Negócio Social,Praça,Negócio Impacto

As praças

Praças são locais que normalmente nos despertam memórias. Era lá que algumas brincadeiras da infância aconteciam, onde a imaginação corria solta, onde passeávamos com algum bichinho de estimação, onde escolhemos levar pessoas queridas para estar juntos, pois na praça tudo é possível.

Mais do que o espaço verde, elas podem ser espaços de qualidade e convivência. É lá que a vizinhança se estreita, interage e compartilha momentos. Isso só é possível se o ambiente se encontra saudável, bem gerido e com a manutenção em dia. E a manutenção dos espaços públicos é um serviço em carência nas cidades.

Por isso separamos os 5 problemas que enfrentamos recorrentemente nas praças e como fazemos para solucioná-lo. Veja quais são a seguir.

1. Lixo

Normalmente a questão dos resíduos é um dos principais motivos para sermos chamados para atuar nas praças. A sensação que o lixo traz para os espaços públicos é de degradação e abandono, sendo ele um dos principais vilões da modernidade.

Para solucionar esse problema buscamos ao máximo a conscientização local sobre a problemática do lixo, procurando conversar sempre que possível com os frequentadores das praças e entender a origem do problema. Para exterminar e destinar corretamente os resíduos das praças nos preocupamos em fornecer o serviço constante de varrição e limpeza.

É importante nesse quesito manter as lixeiras funcionais, com sacos de lixo resistentes, embalar corretamente o resíduo de jardinagem para que não fique exposto e limpar as regiões de acúmulo de materiais. É esse serviço que mantém a limpeza constante e deleta de vez o lixo das praças.

2. Jardinagem

O paisagismo é responsável por alterar completamente a cara das praças. Além de se estabelecer as espécies que serão plantadas na praça, é ele o responsável por limitar as atividades das praças. Ele também aproxima as pessoas da natureza e deixa o ambiente mais agradável.

Ninguém consegue aproveitar direito o espaço quando o paisagismo não é bem elaborado. Brincar, caminhar, passear com o cachorro e diversas atividades são dificultadas se há aquele matagal fora de controle na praça. Uma praça sem paisagismo fica com um aspecto triste e abandonada.

Por isso buscamos sempre as melhores equipes de paisagismo, jardineiros que entendam das espécies que vão tomar conta e maneiras de agregar o verde com os espaços de convivência.

3. Violência

Quando começamos a atuar nos dois fatores acima, a jardinagem e o lixo, começamos a mudar fisicamente o aspecto das praças. Eles são muitas vezes responsáveis por gerar um aspecto de abandono e consequentemente de um ambiente pouco seguro, de violência.

A cultura do medo é enaltecida quando os espaços estão mal geridos e sem cuidados constantes. Isso dá a oportunidade para usos irregulares e afastamento da população dos espaços públicos caracterizando o abandono.

Para evitar que esse cenário se instale nos certificamos de que a praça esteja sempre limpa, com boa visibilidade, garantindo acesso de todos os grupos sociais: adultos, idosos, crianças, e também de animais brincalhões e atividades que trazem vida para o local. Não segregar o espaço pode ser uma forma eficiente de combater a violência e aumentar o número de frequentadores.

4. Opções de lazer

Os fatores discutidos até então são aspectos que afastam as pessoas das praças. A falta de opções de lazer no espaço pode ser ainda pior, afinal o lugar pode estar muito bem cuidado e ainda assim não possuir usabilidade.

Quando saímos de casa gostamos de ter possibilidades, por isso, é fundamental a preocupação com: um mobiliário funcional, opções de brinquedos para as crianças, quando possível, academias para a terceira idade, e eventos locais. Essas alternativas trazem vida e atividades que podem ser usufruídas por todos.

5. Gestão

Para uma praça possuir todos esses aspectos ela precisa estar bem gerida. Muitas praças não conseguem ter a devida atenção que precisariam por parte do poder público e começam a sofrer as consequências citadas acima.

Articular todos os serviços é muitas vezes responsabilidade do poder público. Por falta de verba, equipe e logística muitas vezes ele não é realizado e as praças acabam ficando para escanteio. O Praças surgiu com essa missão.

Auxiliar comunidades e bairros inteiros a financiar melhorias nas suas praças e como benefício, não ter que se preocupar com os problemas listados aqui. A gestão de todos os serviços é incorporada e junto processos participativos geram projetos cocriados de revitalização e manutenção das praças.

Compartilhe no Facebook e deixe seu comentário:

All Posts
×

Almost done…

We just sent you an email. Please click the link in the email to confirm your subscription!

OKSubscriptions powered by Strikingly